Evento reúne mais de 200 participantes para o lançamento do portal Minha Down é Up!

O encontro aconteceu no último dia 15 e celebrou a inauguração do portal focado no tema Síndrome de Down

Aconteceu no último dia 15, o encontro de lançamento do portal especializado na Síndrome de Down, o Minha Down é Up! (www.minhadowneup.com.br). A celebração dá início às atividades do portal – idealizado pelo casal Danieli Hernandes Ferraz e Anderson Licarião Ferraz. Totalmente diferenciado e focado exclusivamente no tema da Síndrome de Down, o Minha Down é Up! tem a missão de ajudar famílias a entenderem mais sobre o tema. Além disso, conta com um blog, onde as famílias poderão relatar mais sobre o convívio com a síndrome de Down e os estímulos que tem causado sucesso na evolução de suas crianças.

“O portal conta com o apoio de especialistas e tratarão temas relacionados à saúde, direito, educação, recreação entre outros. Dentro de cada segmento, as matérias serão produzidas pelos especialistas voluntários, e atualizadas pela equipe de redação do Portal.”, comenta Danieli, idealizadora do projeto.

O projeto “Minha Down é Up!” foi inspirado na pequena Sophia, de 4 anos, filha de Danieli e Anderson.

“Em decorrência das dificuldades, desafios, desinformações e frustrações que eles enfrentaram nessa árdua jornada, decidiram dedicar-se a um projeto sem interesses econômicos nem fins lucrativos para levar informações de valor às famílias “down”. Sou entusiasta quanto ao projeto e uma testemunha da evolução da Sophia: uma garotinha muito linda, inteligente, curiosa, espirituosa e, acima de tudo, sempre estimulada e motivada em crescer”, relata Silvia Helena Hernandes, irmã de Danieli.

Silvia e Cleber, tios da pequena Sophia

Silvia e Cleber, tios da pequena Sophia

Ao ser perguntada sobre qual a sensação de ver o sonho do portal se tornando realidade, Danieli respondeu emocionada: “A sensação é maravilhosa, ainda mais lembrando o que aconteceu no evento. Vimos a interação de pessoas que não se conheciam, os voluntários que nem conheciam a gente direito, todos unidos pela síndrome.”

Registro do final do evento. Ao todo, foram mais de 200 participantes, sendo 45 crianças com síndrome de down

Registro do final do evento. Ao todo, foram mais de 200 participantes, sendo 45 crianças com síndrome de down

Para Anderson Ferraz, também idealizador do projeto, o desafio do projeto está só começando. “Precisamos promover eventos, não só para interação mas também com conteúdo útil para as famílias. Temos o objetivo de oferecer eventos bimestrais com especialistas de diversas áreas, num espaço adequado e seguro para que as crianças realizem atividades recreativas enquanto os pais possam debater, aprender e trocar conhecimentos tranquilamente.”.

Eduardo Arcon, diretor de marketing e vendas do Ualabí, parceira do projeto, comenta sobre sua experiência no projeto e evento de lançamento. “O Ualabí e o “Minha Down é Up!” tem em comum o público infantil e o desejo de informar os pais de forma a aproximá-los ainda mais com questões que envolvem seus filhos. O portal terá grande contribuição à sociedade enquanto foca na distribuição de informações positivas para o convívio com a síndrome.”.

Daniel, José, Danilo e Eduardo, time da Ualabí e parceiros do projeto

Daniel, José, Danilo e Eduardo, time do Ualabí e parceiros do projeto

Já para Bianca Ferreira, mãe de Lorenzo, a experiência de interagir com famílias que possuem filhos mais velhos e independentes, confortou o coração.

“A luta pela inclusão é constante, apesar da gigantesca evolução social que tivemos nos últimos tempos. Os momentos que passamos reunidos pela mesma causa, nos fortalece como mães, pais e família. Foi uma oportunidade de conhecer novas famílias, e dividir com eles a certeza que tudo vai dar certo. Só sinto gratidão.”, relata emocionada Bianca, que é nutricionista e colunista do portal.

Bianca Ferreira é mãe de Lorenzo

Bianca Ferreira é mãe de Lorenzo

O evento teve apoio da Down Brasil e reuniu mais de 200 participantes, sendo 45 crianças com síndrome de down. As atividades e entretenimento ficaram por conta do Exército da Alegria e Academia Lorena; a cobertura fotográfica por Amanda Pinson; Suzana Okabaiashi e Patty Shiraiva.

O projeto conta com o apoio das empresas: Carinhas (Design e Ilustração) e Ualabí Tecnologia e Tranquilidade (agenda digital para educação infantil).

 

Clique aqui e confira mais fotos do evento.

Colaborador Minha Down é UP!

Artigos Relacionados

2 Comentários

  1. Cíntia Maria Dal magro

    Olá tenho um menino de 4 anos moro no sul nossa entidade é pequena são poucos pais estamos lutando pra melhores atendimentos para nossas crianças e principalmente para os jovens

Deixe uma resposta para Cíntia Maria Dal magro Cancelar resposta